Pessoal, estamos estreiando hoje a nossa série: Turismo viável pela cidade maravilhosa!

Convidei minha amiga Débora Bravo, jornalista, analista de informação jr, pós graduada em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte, ex-atleta, niteroense, e que sabe curtir o estilo de vida carioca, para fazer uma série de matérias que mostrem que da pra passear pelo Rio de Janeiro de uma forma bem barata e viável.

Ela está acostumada a fazer vários passeios alternativos pela cidade sede da copa do mundo e, como a gente, não pode e nem quer gastar muito.

Então aí vai a primeira matéria da série. Espero que vocês curtam tanto quanto eu! 🙂

4

Bons programas por bons preços no Rio de Janeiro. Essa cidade não é maravilhosa à toa, além das paisagens sensacionais podemos desfrutar a maioria dos pontos turísticos sem gastar um real! Não tem coisa melhor, né? Ano passado eu estava zerada de grana, mas mesmo assim consegui aproveitar bem meus finais de semanas. A partir do momento que foquei que não poderia gastar dinheiro resolvi fazer planos para me divertir com o menor custo. Troquei as noitadas por programas diurnos e, uma vez ou outra, saía pra pubs e barzinhos (o que é muito mais barato que uma noitada no Rio de Janeiro).
Então vamos para a primeira dica para curtir o Rio sem gastar dinheiro. Trilha do Morro da Urca (ou Trilha da Urca).

1

Essa trilha é bem tranquila e você pode substituir pela subida do bondinho do Pão de Açúcar e economizar R$ 62,00 reais (ou R$ 31,00 para quem tem meia). É lógico que subir o bondinho tem todo seu encantamento, mas essa é uma opção para quem está vindo para a cidade e quer gastar pouco. No final os dois chegam ao mesmo destino! Pela trilha você consegue chegar até um dos pontos turísticos mais famosos do Rio de Janeiro o Pão de Açúcar, no morro da Urca. A vista é incrível e super vale a pena. Outra dica é levar uma garrafinha de água, frutas e barra de cereal. Lá em cima é tudo caro como todo bom ponto turístico!

2
Como chegar lá? É só ir até o ponto turístico do bondinho e ir para a pista Claudio Coutinho, tem placa indicando e todo mundo conhece. Lá na pista é só andar um pouquinho que você chega na entrada da trilha. Não tem mistério. Você pode chegar lá de ônibus e economizar ainda mais! A trilha é leve e pode ser feita em família, inclusive crianças. E pelo caminho você ainda esbarra por micos, pássaros e borboletas.

3
E aí, curtiu? Vem pro Rio sem gastar muito!

comentários
 

Deixe seu comentário