Na semana passada, o CMI (Clay Mathematics Institute) anunciou o Prêmio do Milênio ao matemático russo, Grigory Perelman, pela solução de um dos maiores mistérios da matemática, o da conjectura de Poincaré. Mas segundo o jornal Pravda, agências de notícias russas disseram que ele recusou um prêmio de US$ 1 milhão. Dizem que Deus da asas a cobras. Nesse...

continue lendo
comentários