517939769_c_570_411

Essa história é antiga. Na verdade ela aconteceu em 1999 e provavelmente alguns de vocês já ouviram essa história. Mas eu não podia deixar de contá-la. Afinal de contas, essa é a história de empreendedorismo e investimento mais brilhante que já conheci.

Trata-se da história de um engenheiro chamado David Phillips, ou “O HOMEM DO PUDIM” que converteu 3 mil dólares gastos em pudins, em cerca de 1,28 milhão de milhagens aéreas.

Tá bom ou quer mais? Se você quiser mais, saiba que esse genial professor da Universidade da Califórnia, vai poder viajar pelo mundo todo, por muito tempo, e ainda fez caridade com sua ação.

A história foi a seguinte:

Uma empresa chamada Healthy Choice fez uma promoção na qual, a cada 10 códigos de barra de seus produtos, o consumidor ganharia 500 milhas aéreas.

Após ler detalhadamente o regulamento da promoção, foi só uma questão de fazer as contas e pesquisar pelo melhor produto e o melhor fornecedor.

Após comprar alguns produtos da marca que tinham um preço mais alto, David resolveu tentar tipos mais baratos como os pudins de chocolate.

Foi então que ele pesquisou em todos mercados possíveis e descobriu um local que vendia os tais pudins a US$0,25 (25 centavos de dólar) cada pote.

pudding

Obs. Para justificar a compra massiva de pudins, David disfarçou sua intenção de investimento alegando que estava fazendo um estoque de pudim pois acreditava no fim do mundo na virada do ano de 1999 para 2000. 🙂

Após uma simples conta matemática o engenheiro concluiu que a cada US$ 1,00 (um dólar) teria 4 potes de pudim. Ou seja, 10 potes multiplicados por 25 centavos de dólar resultariam para David em mil milhas aéreas por míseros US$2,50 (dois dólares e cinquenta cents).

David ainda leu nas entrelinhas que os primeiros consumidores que registrassem seus códigos ganhariam seu total de milhas multiplicado por 2!

Então o arrojado e excêntrico investidor resolveu investir US$3000,00 (três mil dólares) em pudins de chocolate. Ele obteve portanto, 1.200.000 (um milhão e duzentas mil) milhas aéreas.

Mas nem tudo foi fácil afinal, haja amigos e familiares para comerem 12 mil pudins e registrarem cada código.

O excesso de trabalhos e de peso que essa promoção gerou, fez com que David resolvesse fazer sua melhor ação de caridade:

Mesmo não sendo uma ação muito altruísta, David resolveu trocar favores com o Exército da Salvação Local e combinou que daria todos os pudins para o exército se alguns soldados o ajudassem no trabalho de registro dos códigos.

A genialidade do engenheiro ainda se destaca quando ele cadastrou os pudins como uma doação de caridade, ou seja, além de ganhar milhares de milhas, David ainda teve cerca de US$800 (oitocentos dólares) restituídos pelo imposto de renda! BRILHANTE, NÉ?

Resultado final?

  • David gastou US$3.000,00 (três mil dólares)
  • Ganhou 600.000 (seiscentas mil) milhas aéreas.
  • Com ajuda dos soldados cadastrou seus códigos a tempo e multiplicou esse número por 2, resultando em 1.200.000 (um milhão e duzentas mil) milhas aéreas, equivalentes a cerca de US$150.000,00 (cento e cinquenta mil dólares).
  • E ainda recebeu de volta US$800 (oitocentos dólares) de imposto de renda.

Segundo o site Yahoo!, “Com isso, ele teve acesso ao Clube de Vantagens American Airlines. O ganho agora é milha sobre milha e Philips ganha milhas em velocidade 5 vezes maior do que gasta. Ou seja, ele e sua família nunca mais pagarão viagens aéreas para o resto da vida”.

Agora sim está bom pra vocês? rs

Boa sorte pra gente e que apareçam idéias e promoções como essa na nossa vida também! 🙂

Vai um pudim aí?

davidphillips

 

comentários
 

Deixe seu comentário