lei-da-meia-entrada-600x369

Pessoal, acabou a nossa folga de comprar quantos ingressos pela metade do valor nós quisermos. Antes, 100% dos ingressos de eventos artísticos, culturais ou esportivos, deveriam ser vendidos pela metade do preço, caso o comprador apresentasse alguma carteirinha que comprovasse que ele se enquadra entre o grupo que pode se beneficiar do desconto. Porém, nessa terça feira, dia 16 de abril, o Senado aprovou o Estatuto da Juventude, que garante que, a partir de agora, essa porcentagem será reduzida a apenas 40%.

Essa foi uma reivindicação do setor cultural que estava vendendo quase 100% dos seus ingressos pela metade do preço. Muitos ainda optaram por aumentar muito seus preços, para que o desconto de 50% não afetasse muito as finanças dos eventos. Ou seja, na verdade uns saíram muito no prejuízo e outros apenas manipularam os preços para que o desconto não existisse no final das contas.

Com essa cota de 40%, esperasse que os preços voltem ao normal e que o desfalque nas receitas sejam regularizados. Mas vale lembrar que somente essa porcentagem, entre os beneficiados, terá direito a adquirir ingressos com o desconto. Portanto as pessoas que deixarem para comprar ingresso de última hora, mesmo apresentando os documentos necessários, não terão direito a desconto nenhum.

Vale lembrar que os descontos nacionais não valem para a Copa de 2014, a Copa das Confederações e as Olimpíadas de 2016. Para obter descontos nesses eventos há uma regra própria de apresentar carteirinhas de estudante (preferencialmente da UNE ou da UBES).

O projeto ainda garante passagens de ônibus interestaduais aos jovens de baixa renda. Assim, as companhias deverão reservar duas poltronas por ônibus para serem ofertadas gratuitamente a esses jovens e, ainda mais duas poltronas que deverão ser vendidas com 50% de desconto.

Então a regra é: garantam seus convites, ingressos, passagens, etc com antecedência SEMPRE! 🙂

 

SAIBA AQUI QUEM TEM DIREITO A MEIA ENTRADA:

  • estudante brasileiro do ensino fundamental, médio e superior (primeiro, segundo e terceiro graus), devidamente matriculados; (válido em todo território nacional)
  • tem a partir de 60 anos; (válido em todo território nacional)
  • jovens inscritos no Cadastro único do governo, com renda de até 2 salários mínimos e com idade entre 15 e 29 anos; (válido em todo território nacional)
  • é professor; (válido somente em alguns estados e/ou municípios)
  • é criança com até 12 anos – mesmo sem carteira de estudante; (válido somente em alguns estados e/ou municípios)
  • é portador de necessidades especiais. (válido somente em alguns estados e/ou municípios)

E boa sorte pra gente! 🙂

 

comentários
 

Deixe seu comentário