Eu já havia notado o quanto meu índice consumista aumenta em períodos de TPM. Nesses dias sempre invento uma desculpa do tipo: Trabalhei demais, mereço uma roupa nova; ou estou muito estressada, vou viajar…. minha vida é um saco, vou me dar um dia de sorvete na Häagen-Dazs…. estou triste, por que não um passeio na Daslu…. etc etc.

É claro que meus desejos consumistas nunca estão de acordo com meu orçamento financeiro. Afinal de contas, haja dinheiro para sustentar surtos consumistas uma vez por mês, as vezes duas vezes para alguma mulheres.

Mas agora já podemos jogar a culpa na TPM com embasamento estatístico! rs

Afinal, como diz o Homer Simpson:

“As pessoas inventam estatísticas para provar qualquer coisa. 40% das pessoas sabem disso.”

Assim, para provar que nossas taxas hormonais são diretamente responsáveis por todas as comprinhas extras que acabam com os limites de cartões de crédito mundo a fora, a especialista em Finanças Eliana Bussinger fez um estudo mostrando que, intuitivas por natureza, há fases na vida da mulher em que ela se sente mais ou menos disposta a arriscar em investimentos.

Os hormônios são os responsáveis por essa disposição ao risco. Segundo Eliana, “Cada hormônio faz com que a mulher aja de determinada maneira: a prolactina faz com que se preocupe com o outro, o cortisol faz com que lute ou fuja, a testosterona com que seja agressiva, a oxitocina com que seja mais amorosa, o estrogênio, com que seja mais controladora, a progesterona, mais delicada, e a Dopamina, mais cética”

Veja abaixo como cada hormônio afeta as mulheres em diferentes fases da vida:

Então vocês já sabem meninas: Fujam das tentações e das compras, e evitem tomar decisões de investimento  em períodos de TPM. A TPM pode SIM ser prejudicial a sua saúde financeira.

Boa sorte pra gente…. ou pelo menos MAIS SORTE DE 3 A 7 DIAS POR MÊS!

comentários
 

Deixe seu comentário